Ceratocone

“Ora ora, não percebeis que com os olhos alcançais toda a beleza do mundo? O olho é o senhor da astronomia e o autor da cosmografia; ele desvenda e corrige toda a arte da humanidade; conduzem os homens as partes mais distantes do mundo; é o príncipe da matemática, e as ciências que o têm por fundamento são perfeitamente corretas.
O olho mede a distância e o tamanho das estrelas; encontra os elementos e suas localizações; ele... deu origem à arquitetura, a perspectiva, e a divina arte da pintura.
...Que povos, que línguas poderão descrever completamente sua função! O olho é a janela do corpo humano pela qual ele abre os caminhos e se deleita com a beleza do mundo.”
(Leonardo Da Vinci 1452-1519)

Você já ouviu falar?
Trata-se de uma doença ocular. É uma deformação que afina e altera a curvatura e espessura da córnea que pode causar baixa visão e cegueira, mas felizmente pode ser revertida por meio de um transplante. Esta doença costuma se desenvolver na adolescência e normalmente estaciona na faixa etária dos 30 a 40 anos.

A maioria dos casos de ceratocone é tratada com uso de óculos ou lentes de contato. São poucos pacientes que precisam de transplante de córnea, em média de 10% a 20%. Infelizmente o ceratocone não tem prevenção.
Segundo o professor da Universidade Federal de São Paulo e diretor médico do Banco de Olhos do Hospital São Paulo, Elcio H. Sato, “O ceratocone é uma doença de caráter hereditário, mas muitas vezes de aparecimento esporádico. Às vezes não passa de pais para filhos”.
O único indício de que alguém pode ter essa doença é por herança genética, pois é hereditário, mas nem sempre isso acontece.
Muitas pessoas não percebem que tem ceratocone porque este inicia-se como uma miopia e astigmatismo. Esta patologia ocular pode evoluir rapidamente ou em outros casos levar anos para se desenvolver.

Esta doença pode afetar severamente nossa forma de perceber o mundo, incluindo tarefas simples como dirigir, assistir TV ou ler um livro.

Olhem só como é feito um transplante de córnea em um paciente com ceratocone, entre outros problemas.

Postagem para lembrar que a visão é um dos mais importantes meios de comunicação com o ambiente pois, cerca de 80% das informações que recebemos são obtidas por seu intermédio. Os olhos merecem atenção especial, que inclui visitas regulares ao oftalmologista. Doenças como hipertensão e diabetes podem provocar o aparecimento de sintomas oculares e requerem acompanhamento.
Dicas para proteger seus olhos:
- Usar protetor ocular sempre que houver risco de algo atingir seus olhos;
- Lavar os olhos com bastante água limpa se neles cair qualquer líquido;
- Usar óculos ou lentes de contato apenas quando prescritos por médico oftalmologista;
- As mulheres devem tomar cuidado com as maquiagens, pois algumas podem provocar alergia;
- Utilizar óculos escuros em ambientes com claridade excessiva;
- Procurar o oftalmologista periodicamente!

Até a próxima,
Camila

Fontes:
http://www.institutodavisao.com.br/
http://bvsms.saude.gov.br/

1 comentários:

janaina disse...

Legaal o assunto, só que dá uma AFLIÇÃO aushuahsua

Postar um comentário